Iti malia! Confira os cuidados essenciais com os filhotes

Tem coisa mais fofa que filhotinhos? São tão pequenos e fofos que dá vontade de apertar e nunca mais soltar. Mas, você sabia que os primeiros meses de vida demandam um cuidado especial por conta do tutor? Pois é, assim como os bebês, os filhotes de cachorro também precisam de cautela e atenção no que pode ou não fazer.

Pegar o bichinho no colo, por exemplo, é muito comum, mas não é recomendado, pois pode alterar o cheiro dele e fazer com que a mãe o rejeite. Por conta disso, vamos te explicar algumas medidas necessárias para um bom cuidado dos filhotes com a consultoria da médica veterinária, Jéssica Pinheiro Neri, graduada na faculdade Anhembi Morumbi.

Quais as principais recomendações para o cuidado com filhotes?

Quando se adota um filhote, é necessário colocá-lo em um lugar protegido do frio e vento, onde ele fique aquecido durante a noite. É normal o filhote chorar nas primeiras noites, você pode colocar um bichinho de pelúcia com ele para “fazer companhia”. Outros pontos que merecem atenção é dar todas as vacinas conforme orientação do médico veterinário e não oferecer comida ao animal à vontade.

É importante visitar um veterinário com frequência nos primeiros meses de vida?

É importante visitar o veterinário quando o filhote for adotado para fazer um check-up e passar as medicações caso seja necessário, como o remédio de verme. Nessa consulta, é ideal já agendar as datas das vacinas.

Quais vacinas que o filhote deve tomar nesse período?

É necessário tomar a puppy antes de 45 dias de vida. Após esses dias, é aplicada a primeira dose da v10 - que protege contra 10 tipos de vírus. Depois de 21 a 30 dia, aplica-se a 2ª dose da v10 e depois de 21 a 30 dias, a 3ª dose. Com 4 meses, é aplicada a vacina antirrábica.

O que pode e não pode na hora do banho?

É recomendado dar banho só depois das 3 doses da vacina v10, por conta da imunidade. Se o animal se sujar muito ou estiver com mal cheiro, pode passar lencinho umedecido. Após as vacinas, é permitido dar banho e recomenda-se que passe produtos próprios para filhotes com água morna e seque bem, para evitar que o filhote passe frio e contraia doenças.

E em relação a alimentação?

A alimentação deve ser ração para filhotes do porte da raça. É indicado fracionar a quantidade de ração colocando 3 vezes ao dia; se o animal não comer retire e coloque novamente em outro horário. Deve-se colocar a quantidade indicada ao peso do animal que vem na própria embalagem da ração.

Alguma dica para o tutor?

Ensine o lugar certo para ele fazer as necessidades; dê broncas quando necessário; tome cuidado para que não aconteçam acidentes, como o animal cair de algum lugar alto e dê muito amor e carinho a ele!


Depois que o filhotinho completar 3 meses, ele já está pronto para usar os produtos da nossa Linha Filhotes! Confira mais detalhes aqui.


Fonte: Canal do Pet |Redação, edição e entrevista: Luisa Volpe - Agência Netshare Marketing Criativo | Consultoria: Dra. Jéssica Pinheiro Neri, médica veterinária.